Revitalização de Edifícios Antigos

Revitalização e Reutilização de Edifícios

O principal valor cultural do Edifício do Antigo Tribunal diz respeito às suas características arquitectónicas e artísticas, que representam o estilo típico da época em que foi construído. Ao planear a construção da Nova Biblioteca Central no terreno ocupado por este edifício, o Governo de Macau é responsável por assegurar a preservação das respectivas características de valor cultural, devendo igualmente realçar e potenciar as mesmas, por forma a ter um impacto positivo na preservação do edifício.

 

Neste sentido, o Instituto Cultural irá proceder à salvaguarda do edifício e desenvolver o projecto da Nova Biblioteca Central em estrita conformidade com a Lei de Salvaguarda do Património Cultural. O projecto prevê a preservação integral do Edifício do Antigo Tribunal, incluindo o seu estilo único e todos os elementos arquitectónicos de valor cultural, assegurando igualmente que o novo edifício e os respectivos elementos manifestarão aspectos criativos, tradicionais e inovadores a nível arquitectónico, artístico e urbanístico. Por outro lado, a revitalização e reutilização do edifício deverá satisfazer as necessidades funcionais das bibliotecas centrais dos novos tempos, cumprir as normas e directrizes de construção actualmente vigentes, bem como satisfazer as expectativas dos cidadãos relativamente a espaços culturais públicos.